Julia Petit e a Blythe

18 ago

Outro dia, eu estava assistindo a uma entrevista com a Julia Petit no “Tamanho Único” do GNT, que se passava dentro do escritório dela (lindo, por sinal) e a-do-rei quando me deparei com essa imagem aqui:

Repararam ali atrás, marcada por um coraçãozinho? É uma Blythe!

Para quem não conhece, a Blythe é uma boneca colecionável esquisitinha e apaixonante ao mesmo tempo. Eu, que tenho verdadeira loucura por essas bonecas, sou suspeita para falar.

Elas têm o corpinho semelhante ao da Barbie e uma cabeça enooooorme! De trás da cabeça sai uma cordinha que, ao ser puxada, faz os olhinhos piscarem e mudarem de cor.

Hoje, as Blythes fazem um mega sucesso entre os colecionadores de bonecas e grande parte delas vale pequenas fortunas, mas nem sempre foi assim.

Elas foram lançadas em 1972, por uma empresa chamada Kenner, nos EUA, mas saíram de linha em menos de um ano. O motivo que eu já havia lido a respeito é que as crianças tinham medo delas! Elas tem mesmo uma cara bem sinistra.

Propaganda da década de 70

Passado algum tempo, mais precisamentem em 1997, Gina Garan, uma produtora de TV e vídeo, passou a tirar fotos de uma Blythe durante suas viagens e, em 2000, lançou um livro com essas fotos: o This is Blythe. A partir daí, a Blythe foi redescoberta e caiu nas graças das bonequeiras de plantão.

Em 2001, foram lançadas as NEO Blythes pela empresa japonesa Takara, que são as produzidas e comercializadas hoje.

O mais legal dessas bonecas é que elas são quase que inteiramente customizáveis. Com um pouco de tempo e paciência, você deixa ela do jeitinho que você quer.

Blythes desmontadas

Super descoladas, essas bonecas são consideradas Fashion Dolls e já estão inseridas no universo da arte. São amplamente utilizadas em editoriais de moda, vídeo e fotografias artísticas em geral.

Para finalizar o post, segue a foto da Brigitte, a minha Blythe, depois de ser customizada:

O rosto dela foi todo lixado para ficar fosco. Carved lips: com a pontinha de uma tesoura, fui raspando e transformando a boquinha dela para fazer ela sorrir (lembra que eu disse que ela tinha uma cara sinistra?). O mecanismo do olho foi alterado para ela ficar com sleepy eyes (antes ela só piscava). Coloquei também cílios postiços e refiz a maquiagem.

À toa, eu? Ai gente, me deixa que essas bonequices me divertem! ;]

Beijo para vocês,

Paulinha Sozinho.

Estréia!

15 ago

Aquele Blog de Moda acaba de estrear!

Este está longe de ser um blog profissional e cheio de pretensões. É apenas mais um lugar onde eu possa habitar e abrigar as minhas coisinhas. Apesar do nome que parece limitar, aqui vale tudo: looks, tendências, make-up, leitura, atividades, viagens, bonecas, cultura, eventos, trabalhos, curiosidades, fotografias, pesquisas pelas ruas e o que mais der vontade.

Aqui não tem regras. Entre e fique à vontade. Faça tudo o que quiser. E sim, você pode colocar os pés em cima do sofá. ^^

Paulinha Sozinho.